INTRODUÇÃO

O Curso de Graduação em Psicologia iniciou suas atividades em 2006, quando a Instituição estava, ainda, sob a insígnia de Faculdade Santa Clara, mantida pela Santa Clara Cursos e Treinamentos Ltda., CGC/MF 01.763.991/0001-27, ambas com sede à Rua José do Patrocínio, 26, na cidade de Santa Maria, RS.

Tendo seu funcionamento autorizado através da Portaria 412, de 25 de julho de 2006, publicado no Diário Oficial da União na data de 26 de julho de 2006, o Curso, desde seus primórdios, fez parte de um projeto institucional de inserção regional, proposta que foi intensificada com as recentes reestruturações organizacionais nesta Faculdade.

Desse modo, é de se considerar os aspectos contextuais em que está inserido o referido curso. Santa Maria está localizada à Região Centro do Estado do Rio Grande do Sul, composta por 31 municípios e que abriga uma população de 556.062 habitantes (IBGE, 2003), dos quais 261.031 residem neste município (IBGE, 2010).

Além das peculiaridades geográficas, uma vez que o município se situa no limite entre a região fisiográfica da Depressão Central e a do Planalto Médio, fator de potencial exploração turística, Santa Maria se notabiliza por sua tradição cultural, tendo detido por diversas vezes o título de Cidade Cultura, pelo que é reconhecida no âmbito estadual. Tal tradição está representada, para exemplificar, nos aspectos arquitetônicos – de influências tão diversas quanto a alemã, a belga e a portuguesa –, nos culturais e artísticos – representados pela presença de várias associações culturais –, bem como na presença de artistas em diversos níveis, muitos dos quais com formação superior, em vista dos cursos de graduação oferecidos na cidade.

Quanto à constituição de sua região de influência, pode-se considerar três aspectos: o comercial, o educacional e o de saúde. Em termos de uma análise de inserção de mercado, a cidade é caracterizada pelo alto grau de especialização no Terceiro Setor, tendo estabelecida uma forte e tradicional presença dos serviços na produção e circulação de riquezas. Dessa forma, constitui-se num centro de fornecimento de produtos de diversas naturezas à toda a Região Centro.

No aspecto educacional, deve-se mencionar a existência de sete instituições de ensino superior com cursos presenciais, dentre essas: uma universidade federal e outra privada, um centro universitário e quatro faculdades privadas. O conjunto dessas instituições oferece, anualmente, cerca de 4.400 vagas para cursos de graduação, além da oferta de diversos cursos de pós-graduação, vagas que são disputadas por um contingente aproximado de 20.000 candidatos.

Afora o reconhecimento de Santa Maria como um polo de educação superior, é patente a abrangência regional das modalidades de ensino básico, médio e técnico, representada por diversas instituições de grande porte.

Por fim, em se tratando da oferta de serviços em saúde, Santa Maria é reconhecida também como pólo assistencial em toda a região centro-oeste do Estado, a qual abrange a 4º e a 10º Coordenadorias Regionais de Saúde, constituindo uma população assistida de aproximadamente 1.134.110 habitantes. Vale mencionar que a cidade abriga também a Sede da 4º Coordenadoria, que abrange 32 municípios da Região Centro do Estado. A população dessa macrorregião tem disponíveis serviços de pronto-atendimento, de atenção hospitalar e de diagnóstico e atenção especializadas.

Considerando esse amplo contexto, o Curso de Psicologia, em sua constituição atual, visa a formar um egresso que usufrua de estudos direcionados ao desenvolvimento das habilidades e competências expressas nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Psicologia, o que se traduz em uma formação básica mínima. A partir disso, estabelece-se e se prioriza as ênfases que constituem maior necessidade para o mercado de trabalho regional, o que representa melhores condições para a inserção do egresso em âmbito profissional.

Para tanto, e em vista das demandas atuais da profissão, dá-se relevância às seguintes competências:

 técnico-científicas, que proporcionam maior qualidade e fidedignidade ao serviço oferecido pelo profissional aqui formado;

 sócio-políticas, que intentam prover o formando de meios para a compreensão dos fenômenos sociais, em âmbito nacional;

 teórico-práticas, que estão traduzidas nos conteúdos de sala de aula e na atuação em estágios supervisionados, básicos e específicos, ambos fornecendo meios para intervenção profissional de qualidade.

Sob a ótica da integralidade do profissional, compreendendo aspectos técnicos e éticos, o Curso de Psicologia estabelece a proposta de um amplo currículo erigido sob uma acurada análise dos campos possíveis de trabalho, sem desconsiderar os aspectos humanos de uma formação cidadã.