Notícias

Esta página foi visualizada  202  vezes


08/02/2018 16:54:30


Autor: imprensa

Título:
Gerontologia na Enfermagem

Resumo:
Já pensou em se especializar na área da Gerontologia? Confira a entrevista com a enfermeira e coordenadora do curso.


A enfermeira, professora e coordenadora do Curso de Especialização em Gerontologia: Ênfase em Gerontologia Social da FISMA, Gisela Cataldi Flores falou sobre a carreira profissional, inserção no mercado de trabalho e o espaço acadêmico de profissionais que pretendem se especializar na área da Gerontologia, uma das áreas que exige uma preparação qualificada, visando a melhor qualidade de vida da população idosa. Confira a entrevista.

Qual a importância do (a) enfermeiro (a) na área do envelhecimento?

O enfermeiro atua diretamente na prevenção de  doenças, promoção, recuperação e manutenção da saúde do idoso, considerando a importância da sua atuação, uma vez que, esse profissional possui habilidades técnicas para lidar com as singularidades e complexidades das diferentes formas de envelhecer.

Qual a importância do conhecimento sobre Gerontologia na atuação do (a) enfermeiro (a)?

Os profissionais de diversas áreas do conhecimento necessitam discutir e avançar os conhecimentos em relação ao processo de envelhecimento humano. Na área da saúde, a Gerontologia, enquanto especialidade busca estudar de forma interdisciplinar o processo de envelhecimento humano, incluindo os aspectos físicos, biológicos, sociais, culturais e econômicos que são inerentes ao indivíduo idoso. Portanto, a Gerontologia possibilita ao enfermeiro qualificar-se para dar conta dessa nova demanda social que são os idosos.

Quais as perspectivas e espaços de inserção do profissional enfermeiro junto aos idosos no futuro?

Existem diferentes espaços de atuação na área da Gerontologia para o profissional da enfermagem, entre eles, os diferentes níveis de atenção à saúde do setor público, ou seja, na atenção primária à saúde, nos serviços especializados, no atendimento domiciliar e hospitalar. No setor da educação, também existe um amplo espaço de atuação em que deve-se explorar e incluir, cada vez, mais a Gerontologia e as questões do envelhecimento populacional nas disciplinas e atividades na formação acadêmica. Já no setor privado, considerando a Política Nacional do Idoso, a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa e, o Estatuto do Idoso, existem diversas modalidades de atendimento a pessoa idosa, entre as quais, os Centros Dia, Repúblicas, Condomínios e Clínicas de Idosos.

Qual a importância de um espaço acadêmico para formação de profissionais especializados nessa área?

No Brasil o envelhecimento populacional aconteceu de uma forma significativa e muito rápida. Por isso, percebe-se uma necessidade dos profissionais de diferentes áreas se especializarem para acolherem essa nova realidade social. Assim, é notório que existe um déficit de profissionais especializados que realizem o cuidado individual, familiar e social, para que os idosos vivenciem a sua velhice com autonomia e independência. Além disso, na referida área é fundamental pensar, planejar e realizar ações direcionadas a todas as gerações pois a velhice é uma responsabilidade de toda a sociedade. Cabe ressaltar que a Gerontologia compreende o cuidado multiprofissional e interdisciplinar ao idoso, pois as necessidades, singularidades e complexidades caraterística de cada idoso, pressupõe o trabalho em equipe.

Confira mais informações sobre o curso no link: https://goo.gl/aHf3bc



 Gerontologia na Enfermagem

Gerontologia na Enfermagem